Correções feitas na matéria intitulada “EMPRESÁRIO QUE CHOROU POR REABERTURA DE SHOPPINGS EM SALVADOR FEZ PARTE DE ESQUEMA BILIONÁRIO DE FRAUDE” levam a uma nova abordagem da notícia

spot_img

Após algumas verificações, constatou-se que a matéria intitulada “Empresário que chorou por reabertura de shoppings em salvador fez parte de esquema bilionário de fraude” apresentou possíveis inadequações. O empresário Adelmo Pinto da Silva Filho não participou tampouco integrou qualquer tipo de esquema de fraude, não tendo atuado ou cooperado em nenhum crime ou ilícito do tipo.

Os esclarecimentos mostram que o empresário não recebeu algum valor vinculado a esquemas de nenhuma natureza; atuava como representante comercial e como tal prestava serviço. Não transitava em sua conta ou de sua empresa qualquer tipo de valor advindo de supostas vítimas.

Adelmo Filho era remunerado em face do contrato de representação, que se findou tão logo soube das práticas lesivas atribuídas pelo Ministério Público e constante da denúncia contra os apontados suspeitos. Foi somente nessa oportunidade que se deparou com as suspeitas que recaiam sobre os autores dos ilícitos, motivando a adoção das medidas legais que vieram na oportunidade.

As contratações eram diretamente entre a empresa supostamente autora dos ilícitos e as vítimas. Não foi beneficiado ou teve qualquer tipo de vantagem advinda do suposto esquema noticiado.

Att: Manchete do Dia

spot_img

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Relacionadas

spot_img

Siga nossa redes

22,942FãsCurtir
3,143SeguidoresSeguir
19,100InscritosInscrever

Últimas Notícias