Comandante-geral da Polícia Militar da Bahia mostra seu repúdio às aglomerações e festas que desrespeitam as medidas de segurança

spot_img
spot_img

O coronel Anselmo Brandão, comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, repudiou as aglomerações e festas que desrespeitam as medidas de isolamento contra a pandemia de coronavírus. Em entrevista a Mário Kertész hoje (29), ele afirmou que a corporação vai atuar para fazer valer o decreto publicado pelo governador Rui Costa.

Conforme a publicação no Diário Oficial, ficam proibidos na Bahia os “shows, festas, públicas ou privadas, e afins, independentemente do número de participantes”.

“Estamos fazendo um grande alerta para a sociedade. A gente sabe que é difícil a PM estar em todos os condomínios que queiram fazer festas e todas as casas que queiram reunir 50 pessoas, mas a gente acredita naquele trabalho do convencimento e da prevenção, passar aquele sentimento de que existem leis e que existe alguém olhando. Não vamos tolerar os excessos e o que estamos assistindo, que são festas e verdadeiros carnavais, com paredões e fechamento de ruas, até de cidades, descumprindo o regramento”, disse o militar.

Ainda segundo o comandante da PM, policiais militares vão reforçar a atuação também em locais privados. Ele citou como exemplo a operação feita em Trancoso, onde uma festa com 200 pessoas em um condomínio de luxo foi encerrada por policiais. “A partir do momento que há desregramento, não tem outra saída. Vamos fechar, chamar as pessoas e chamar a responsabilidade como temos feito. O exemplo foi em Porto Seguro. Uma festa em condomínio fechado e fomos lá, impedimos a festa com 200 pessoas”, afirmou.

Fonte: Metro1

spot_img

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Relacionadas

spot_img

Siga nossa redes

22,942FãsCurtir
3,431SeguidoresSeguir
20,000InscritosInscrever
spot_img

Últimas Notícias