Diz veterinária que três dos 14 filhotes de cachorro resgatados em situação de maus-tratos na BA estão desidratados

spot_img
spot_img

Três dos 14 filhotes de cachorro resgatados em situação de maus-tratos dentro do bagageiro de um ônibus, em Barreiras, oeste da Bahia, estão desidratados e continuam sob cuidados de veterinários, em uma clínica da cidade.

Segundo informações da médica veterinária Magda Cunha, os outros 11 animais estão bem e foram levados para lares temporários, também em Barreiras. Todos os 14 filhotes estão sob proteção da Justiça.

“Não distribuímos todos porque os que permanecem na clínica ainda estão em acompanhamento, estavam muito desidratados e com diarreia. Então, precisavam de um atendimento mais específico, por isso ainda não liberamos eles”, disse a veterinária.

Os animais têm cerca de 45 dias de vida, das raças shih-tzu, chow-chow, dachshund, maltês e pastor, e eram transportados em situação precária, dentro de caixas plásticas, no bagageiro e na cabine do motorista de um ônibus.

Flagrante

Os animais foram resgatados durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-242, na noite de sexta-feira (23). Segundo a polícia, os cães estavam ‘cobertos’ com fezes e urina.

O motorista do veículo, de 41 anos, foi preso em flagrante e levado para a delegacia da cidade. Para ser solto, Justiça determinou que ele deve pagar fiança de quatro salários mínimos. Além disso, a polícia também pretende ouvir algum responsável pela empresa de ônibus para saber se teve envolvimento no caso.

“No laudo veterinário, que é muito importante descrever tudo o que foi encontrado nesses animais, demonstra a questão de maus-tratos, a forma irregular do transporte, como eles estavam acomodados, como estavam de higiene, sem nenhum tipo de cuidado, os animais estavam cheios de carrapatos, cheios de pulgas, sem contar a condição de diarreia misturada”, explicou Magda Cunha.

Após o resgate, todos os filhotes foram entregues aos cuidados provisórios de uma clínica veterinária, em Barreiras. “Durante o fim de semana, fizemos triagem desses animais para lares temporários. Nós temos uma rede de voluntários muito boa aqui em Barreiras, que se dispuseram a poder ajudar esses animais, a cuidar, para a gente distribuir um pouco do trabalho. Eles estão sendo cuidados sob a nossa supervisão. Foram tratados, higienizados, alimentados, hidratados”, completou a médica veterinária.

Fonte: G1 Bahia

spot_img

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Relacionadas

spot_img

Siga nossa redes

22,942FãsCurtir
3,429SeguidoresSeguir
20,000InscritosInscrever
spot_img

Últimas Notícias