Gilmar Mendes adia julgamento de habeas corpus que colocou Queiroz em prisão domiciliar

spot_img

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes adiou o julgamento do habeas corpus que garantiu a prisão domiciliar de Fabrício Queiroz e sua esposa, Márcia Aguiar. O pedido, que começaria a ser julgado nesta sexta-feira (4), não tem data para voltar à pauta.

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou Queiroz e Márcia por suposta participação no esquema de “rachadinha” no gabinete do então deputado estadual e atual senador Flávio Bolsonaro, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Fonte: Metro1

spot_img

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Relacionadas

spot_img

Siga nossa redes

22,942FãsCurtir
3,121SeguidoresSeguir
19,100InscritosInscrever

Últimas Notícias