Para Neto, é muito arriscado o fim do auxílio emergencial de forma repentina

spot_img
spot_img

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), demonstrou preocupação com o fim do auxílio emergencial no Brasil, durante conferência de imprensa, realizada nesta quinta-feira (17). Neto, que também é presidente nacional do Democratas disse que irá dialogar com o governo federal e com o Congresso para ajustar o orçamento de 2021.

“Eu sinto que o governo não quer a questão do teto, e aí é um argumento que tem razão. O governo diz ‘olha, se eu disser que vou mandar o teto para o espaço, imediatamente o impacto disso no mercado vai ser terrível, podendo se interpretar que o governo vai optar pela gastança e ponto”, afirmou.

O democrata ainda comentou que o caminho que deve ser adotado precisa ser outro, em que se entenda que é uma medida para manter a economia viva.

“As medidas que o governo tomou em 2020 foram fundamentais para impedir que a recessão fosse muito maior. Se não fossem tomadas essas medidas, o número de desempregados seria muito maior, o efeito socialeconômico seria muito mais dramático”, pontuou.

Fonte: Bahia.ba

spot_img

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Relacionadas

spot_img

Siga nossa redes

22,942FãsCurtir
3,429SeguidoresSeguir
20,000InscritosInscrever
spot_img

Últimas Notícias