Velório de Maradona tem confusão com a polícia e longas filas

spot_img
spot_img

A morte de Diego Armando Maradona, vítima de uma parada cardiorrespiratória, aos 60 anos, levou mais de 1 milhão de pessoas ao velório do astro, na Casa Rosada, sede do governo argentino, segundo veículos de imprensa locais. A despedida, no entanto, chamou a atenção pelas longas filas e confusão entre fãs e policiais.

Ainda na noite desta última quarta-feira (25/11), centenas de pessoas saíram pelas ruas de Buenos Aires para lamentar a morte do jogador. Por causa disso, a polícia decidiu fechar a Avenida 9 de julho, uma das principais vias de tráfego da capital argentina, mais cedo do que o esperado. Entretanto, a ação ocasionou filas quilométricas, além da revolta dos fãs que estavam no local e temeram não conseguir chegar ao ídolo a tempo do velório.

Na tentativa de dispersar a fila que se estendia por mais de 25 quarteirões, o agrupamento acabou tendo que lidar com objetos sendo arremessados. Duas principais confusões foram registradas junto a um cordão de isolamento com escudos feito pelos agentes, gás lacrimogêneo e balas de borracha lançadas em direção às pessoas. Na tentativa de fuga, fãs acabaram por derrubar as grades postas no local.

Aos poucos, o conflito foi sendo controlado. Porém, devido ao tumulto, muitas pessoas aproveitaram para furar fila, o que acabou gerando pequenas confusões ao longo do dia. Devido ao desentendimento, o velório do craque argentino foi estendido até as 19 horas (horário de Brasília).

Fonte: Correio Braziliense

 

spot_img

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Relacionadas

spot_img

Siga nossa redes

22,942FãsCurtir
3,431SeguidoresSeguir
20,000InscritosInscrever
spot_img

Últimas Notícias