Caetano Veloso pretende processar as pessoas que compartilharem vídeos falsos de Réveillon na Bahia

spot_img
spot_img

Uma das primeiras “fake news” de 2021 teve como alvo Caetano Veloso, Maria Bethânia, Regina Casé, Mart’Nália e outros artistas. Eles aparecem em um vídeo aglomerando, sambando e curtindo o que seria uma festa de Réveillon na Bahia. As imagens são reais, porém foram gravadas em 2019, não nesta última virada como propagado em algumas páginas e perfis.

O boato irritou Caetano que por meio de seu advogado começou a notificar pessoas que compartilharam as imagens em contexto distorcido. Dentre os perfis que receberam uma notificação extrajudicial está o da cantora bolsonarista Nayat Jordan.
Em seu Facebook, Nayat compartilhou as imagens junto ao seguinte texto: “Olha que legal o réveillon na Bahia festejando 2021. Galera boa Regina Casé, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Martinália filha do Martinho da Vila e adjacências. Parabéns sem medo da peste chinesa. Festão do covidão!”.

O advogado de Caetano, Caio Mariano, notificou a cantora pelo próprio Facebook.

“Prezada Nayat Jordan,

Na qualidade de advogado de Caetano Veloso e familiares, venho por meio desta solicitar a imediata remoção da postagem realizada através do link Referida postagem afirma falsamente que o artista, amigos e familiares estariam aglomerando socialmente em plena pandemia, atribuindo a estes a prática irresponsável e criminosa de aglomeração social em tempos de pandemia ocasionada pela Covid-19. Tal pratica é totalmente repudiada por todos aqueles filmados no referido vídeo, que se trata de registro de um evento familiar ocorrido no ano de 2019.

A postagem possui o mero intuito de atribuir, ao artista e aos demais, a prática de ato irresponsável e lesivo à saúde coletiva, confundindo assim a opinião pública sobre a sua conduta e responsabilidade. Solicito ainda seja formalizado pedido de retratação e de desculpas, em postagem propria, esclarecendo sobre a falsidsde das informações postadas na publicação que se exige remoção, cujo único intento é o de macular a honra e a imagem de Caetano Veloso.

Na hipótese de não atendimento à presente solicitação, tomaremos todas as medidas judiciais cabíveis para reparação de danos materiais e morais causados. Certo de sua compreensão quanto a urgência e gravidade da sua postagem, aguardo remoção.

Cordialmente, Caio Mariano (OAB-BA 18.169)”.

Após a notificação, o vídeo foi removido da página. De acordo com Paula Lavigne, mulher e empresária de Caetano, ele e a irmã ficaram perplexos com a notícia: “Estamos todos trancados, Bethânia na casa dela. Quem dera houvesse uma cura e um samba pra gente dançar.”

Fonte: Correio*

spot_img

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Relacionadas

spot_img

Siga nossa redes

22,942FãsCurtir
3,431SeguidoresSeguir
20,000InscritosInscrever
spot_img

Últimas Notícias