Bahia pode ter até 11 desfalques para a estreia no Campeonato Baiano

spot_img
spot_img
spot_img
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Bahia conta os dias para estrear na temporada 2023, na próxima quarta-feira (11), contra a Juazeirense. A partida será às 19h15, no estádio Pituaçu, pela primeira rodada do Campeonato Baiano. É provável que o Esquadrão não tenha força máxima.

Como a janela de transferências do futebol brasileiro abre apenas no dia 11 de janeiro, o clube em princípio não conseguirá inscrever os novos jogadores a tempo para a estreia na competição estadual.

De acordo com o regulamento do Baianão, para ficarem com condição de jogo, os atletas precisam ter o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF pelo menos um dia antes da partida em que atuarão. Ou seja, no mais tardar no dia 10.

Nesse caso, os reforços anunciados pelo tricolor para a atual temporada só ficarão à disposição a partir do jogo diante do Jacuipense, no domingo seguinte, dia 15, às 18h30, na Arena Valfredão, em Riachão do Jacuípe, pela segunda rodada do estadual.

Internamente, o Bahia e outros clubes tentam junto à CBF a antecipação da abertura da janela para 10 de janeiro, o que tornaria possível inscrever os jogadores. Até o momento, não houve mudança por parte da entidade máxima do futebol nacional.

Desde o ano passado, a CBF adotou janelas de transferências para os clubes das séries A e B. O primeiro período de contratações em 2023 vai de 11 janeiro até 4 de abril (12 semanas). Depois dessa fase, os clubes só poderão reforçar os elencos na segunda janela, prevista para acontecer entre 3 de julho e 2 de agosto.

Caso a data da abertura da janela não seja antecipada, pelo menos dez jogadores ficarão de fora do encontro com a Juazeirense. Os já anunciados são o goleiro Marcos Felipe, os zagueiros Kanu, David Duarte, Marcos Victor e Raul Gustavo, o volante Acevedo, e os atacantes Biel e Everaldo.

O Esquadrão não contaria também com o volante Diego Rosa e o atacante Kayky. A dupla treina com o elenco desde dezembro, mas ainda não foi anunciada oficialmente.

Dentro do elenco, dois jogadores vivem situação oposta. O meia Lucas Mugni e o atacante Ricardo Goulart tiveram os contratos renovados após a Série B, mas os novos vínculos foram publicados no BID e eles estão à disposição do técnico Renato Paiva.

Assim, é possível que o time estreia contra o Cancão de Fogo tenha muitas peças remanescentes do elenco que conquistou o acesso à Série A do Brasileirão, na última temporada. Atletas como Matheus Bahia, Douglas Borel, Daniel, Caio Vidal e Vitor Jacaré estão entre as opções disponíveis.

Um desfalque certo que o Bahia terá nos primeiros jogos do ano é o lateral direito André. Ele foi convocado para a Seleção Brasileira sub-20 que disputará o Sul-Americano da categoria, na Colômbia, e já se apresentou na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

Por outro lado, uma novidade está garantida na versão 2023 do Esquadrão: o técnico português Renato Paiva teve o nome publicado no BID da CBF nesta sexta-feira e está apto para ficar na beira do campo. O treinador terá mais quatro dias de treinos para definir o time que enfrentará a Juazeirense.

Conteúdo Correio

spot_img

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Relacionadas

spot_img
spot_img

Siga nossa redes

22,942FãsCurtir
3,912SeguidoresSeguir
21,700InscritosInscrever

Últimas Notícias